Acção da AMVIRO reconhecido e publicado no Newsletter da Global Alliance

8a edição do Dia mundial em memória as vítimas dos acidentes de viação, conhecido também pela sigla WDoR-World Day of Rememeberence of Road Traffic Victims, este ano celebrado sob o lema Meta: reduzir até 2020 os acidentes e mortes até 50%” publicado no NewsLetter da Global Alliance (www.globalalliance.org).

O evento, celebrado em Moçambique desde 2009, por iniciativa da AMVIRO celebrações em mais de 7 cidades Moçambicanas, nomeadamente Maputo, Matola, Chimoio, Lichinga, Pemba e Nampula para além da Vila de Quissico, o que colocou a 8ª edição num dos maiores e mais visível evento celebrado no país ao ter escalado também e pela primeira vez numa Vila, a Vila autárquica de Quissico.

Em reconhecimento deste esforço dos Moçambicanos, dinamizados pela AMVIRO com a parceria, este ano do Mistério de Género, Criança e Acção social representado nas cerimónias centrais pelo respectivo Vice-Ministro Lucas Mangrasse, Igreja Anglicana, Ministério da Saúde entre ouras entidades o evento foi publicado em plano de destaque na plataforma internacional da Global Alliance, na sua edição mensal de 24 de Novembro.

O que, na Óptica de Alexandre Nampossa, presidente da AMVIRO representa um enorme evoluir do reconhecimento do empenho da AMVIRO e dos Moçambicanos na causa de segurança rodoviária e das defesa dos interesses das vítimas dos acidentes de viação de suas famílias, “conforme reza a nossa missão, visão e valores”, sublinhou o homem forte da AMVIRO.

Apelamos o contínuo envolvimento de todos nesta causa e sobretudo o comprometimento do nosso poder publico na causa das vítimas assim como o empenho de todos na promoção de segurança rodoviária por que só assim é que poderemos fazer uma diferença positiva no país, em África e no Mundo, sublinhou Nhampossa.

jogo a salvação de uma vida humana, frisou.

Continuar a ler

Acções de Solidariedade as vitimas dos acidentes de viação

AMVIRO investe cerca de 100 mil meticais em apoio directo as vitimas dos acidentes de viação, em 2017

A melhoria da qualidade de vida das vítimas e a providência de oportunidades de formação para este grupo alvo, especialmente para crianças e jovens está no centro das acções de solidariedade da AMVIRO.

Para esse efeito, por ocasião do Dia Mundilal em memoria as vitimas dos acidentes de viação, na sua 8ª edição, em Mocambique, a Direccao da AMVIRO fez saber que de Janeiro ate Novembro a AMVIRO investiu cerca de 100 mil meticais em apoio financeiro a diferentes acções de solidariedade entre; apoio a funereias (4 casos) de vitimas atropeladas os seus autores se posto em fuga; aquisição de material didáctico para crianças de vitimas dos acidentes e em situação de vulnerabilidade; concepção de mais duas bolsas de estudos para adolescentes que frequentam o ensino médio bem como aquisição de material informático para uma bolseira da instituição, uma jovem vitima de acidente de viação e que frequenta já o 3º ano do curso superior de gestão informática na UNA-Universidade Nachingwea-Machava, entre outras.

ORAMOS PARA QUE DEUS NA SUA MISERICÓRDIA DÊ AS RECOMPENSAS ETERNAS PARA OS FALECIDOS E O CONFORTO AOS FAMILIARES DAS VÍTIMAS QUE SOFREM E SOFRERÃO PARA SEMPRE AS CONSEQUÊNCIAS ACIDENTES DE VIAÇÃO, Padre Silva Mazive da Anglicna (em destaque no centro).

“É um dia igualmente impar, para celebrarmos memórias de pessoas que pereceram vítimas dos acidentes de viação, orando pela paz das suas almas, cujas vidas foram interrompidas de repente, em consequência de uma distracção, falta de perícia, falta de cautela e outros cuidados na via pública”, lembrou.

Prosseguindo, Mazive expressou a solidariedade espiritual da sua Paróquia e da Igreja acrescentando; “queremos igualmente como igreja e como sociedade, expressar a nossa proximidade na dor e na oração às famílias que perderam seus familiares e a aqueles que sofrem sequelas permanentes em consequência de um acidente rodoviário, para que se consolem e se confortem na fé em Deus”.

Expressou ainda o senso realístico dos crentes referindo que “temos consciência que são milhões de familiares e amigos que são vítimas de acidentes, que Deus na sua misericórdia lhes de as recompensas eternas”.


“Algumas pessoas quando conduzem suas viaturas nas estrada até parece terem pressa de chegarem cedo aos seus próprios funerais”, alerta Dom Dinis Sengulane, Bispo Emerito dos Libombos, falando perante mais de 300 formandos do curso de formação de professores primários da Matola na passado dia 18 de Novembro de 2017, numa palestra organizada pela AMVIRO para assinalar as celebrações do Dia Mundial em `memoria as vitimas dos acidentes de viação ao nível da província de Maputo.

Sengulane, recorde-se é uma das personalidades distinguidas pela AMVIRO (2014), numa cerimónia dirigida pelo então Presidente da República, Armando Emílio Guebuza, em reconhecimento dos seus feitos e mérito em causa humanitárias e das vítimas dos acidentes de viação em particular.

A iniciativa da AMVIRO “Seja chefe da sua viagem” é da autoria de Dom Dinis Sengulane no seu discurso de condecoração em Julho de 2014.

Continuar a ler